Instalando o FAN (Fully Automated Nagios) passo a passo.

Como continuação do primeiro artigo Monitorando todos os ativos de sua Rede com
menos custos e menos complicação !
hoje abordaremos a instalação de uma das distribuições open-source mais badaladas do momento o FAN (Fully Automated Nagios) passo a passo.

O FAN é uma daquelas distribuições que após implementado e configurado exibindo mapas e estatísticas de monitoramento do seu ambiente na TV de 40 e todas polegadas, e com o plugin de troca de abas conforme citado no artigo anterior, sempre é questionado pelos mais experientes em TI sobre o nome do software utilizado, pois muitos querem implementar , e o melhor de tudo é free =).

Resumo do FAN (Fully Automated Nagios)

O FAN instala e realiza as configurações iniciais dos seguintes produtos:

◦Nagios : Aplicação Core para monitoramento.
◦Nagios plug-ins : Plugins que monitoram diferentes equipamentos de diversos fabricantes.
◦Centreon : Interface Web do Nagios , bastante utilizado para monitoramento exibe SLA dos serviços é possível realizar o controle dos Hosts cadastrados e definir o que vai ser monitorado, agendamento para manutenção e relatórios.
◦NagVis : Mapeamento avançado (geograficamente e por serviços).
◦NDOUtils : Armazena dados ao banco MySQL.
◦NRPE : integração para monitorar Windows servers (the NRPE daemon is not provided).
◦NaReTo : Ferramenta de Report do Nagios.

Captura de tela 2013-05-01 às 18.52.26

A distribuição pode ser baixada no seguinte site:
http://www.fullyautomatednagios.org/wordpress/download/

Segue os requisitos para instalação e configuração:

Requerimentos do Sistema

Requisitos mínimos
•4 GB de espaço em disco livre
•1 GB of RAM.
•1 núcleo de processador

Recomendações:
•20 GB a mais requeridos para o diretório /var. Espaço em disco dimensionado para o seu banco mysql e arquivos rrd .
•2 núcleo de processador ou recurso de Hyper-thread para cada CPU virtualizada.
•2 GB of RAM.

Virtualização:
Você pode instalar o FAN no VMware ESX 3.5 ou vSphere 4.1, porém deve-se atentar ao número de objetos e serviços que estão sendo monitorados e os locais dos sites é recomendado até (1000 hosts e 5000 serviçõs por exemplo).
Acima disso deve ser considerado o uso de Hardware físico.

A distribuição que estaremos utilizando é a última versão estável até o momento 2.4-x86_64 essa versão é para ambas arquiteturas x86 e 64.

A instalação é super simples basta seguir as imagens do passo a passo.
Vamos para os trabalhos =)

Após bootar com a ISO do FAN a primeira tela que é apresentada é a seguinte.
Pressione a tecla “ENTER” para prosseguir com a instalação padrão em modo gráfico.

Captura de tela 2013-05-01 às 18.57.14

A próxima tela solicita a escolha do idioma após selecionar o idioma – OK.

Captura de tela 2013-05-01 às 18.59.34

É solicitado o tipo de Layout do teclado.

teclado

Na tela seguinte será questionado com relação ao modo de particionamento do disco.
Siga as configurações conforme imagem abaixo e prossiga.

Captura de tela 2013-05-01 às 19.02.11

Após a escolha da região e do idioma fuso horário.

Captura de tela 2013-05-01 às 19.03.16

A definição da senha de root (o pica das estrelas) =).

Captura de tela 2013-05-01 às 19.03.44

A página de parabéns para instalação

Captura de tela 2013-05-01 às 19.09.40

Será solicitado o item que você quer modificar.
Escolha “Exit”

Captura de tela 2013-05-01 às 19.11.26

Essa á a tela de Console do FAN entre com a credencial de root e a senha:

Captura de tela 2013-05-01 às 19.12.12

Você pode usar o seguinte comando para verificar o IP da interface de rede:
ifconfig

Captura de tela 2013-05-01 às 19.14.33

Após se certificar que a interface subiu e que está ok, podemos acessar pelo navegador Web a console do FAN conforme imagem abaixo:

Captura de tela 2013-05-01 às 19.13.33

Veja uma breve abordagem de uma das ferramentas do FUN o NAGVIS aonde podemos monitorar o ambiente através de mapas geográficos desenhos de rede e etc.
Configurando o NAGVIS.

Abraço

Aldo Alves
IT – Pro (Infraestrutura)
MCT | VCP | MCITP | MCSA | MCTS | MCDST | MCP | ITIL F | ISO/IEC 27002 |

Sobre Aldo Alves

IT PRO há mais de 12 anos, atuando na área de Infraestrutura de T.I . MCT | VCP | MCITP | MCSA SA | MCTS | MCSA | MCDST | MCP | ITIL F | ISO/IEC 27002 |

Publicado em maio 19, 2013, em Linux e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Rafael Ribeiro Cunha

    Aldo boa tarde!

    Segui seu passo a passo e estou configurando os hosts do Nagios, mas quando preciso reiniciar o serviço, uso o:

    sudo service nagios restart
    OU
    /etc/init.d/nagios restart

    Porém ele dá erro e pede pra eu verificar o nagios.cfg.

    Verifiquei e não há nada de errado.

    Você teve este mesmo problema ou sabe como me ajudar?

    []’s

  2. Muito bom, sou iniciante e me ajudou muito…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: